Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Viver (muito bem) poupando

por Melissa Lopes, em 25.01.15

Por sugestão do namorado, que me alertou para o facto de um blogue ter de ter uma utilidade real na vida das pessoas, hoje o post é sobre compras de supermercado, daquelas que fazem bem à saúde (ou não fazem mal) e, ao mesmo tempo, à carteira. Digo-vos muito sinceramente, para levar a cabo um estilo de vida saudável não é preciso suicidar o orçamento mensal, comprando todo o santo produto sem glúten (ele é massas, pão, bolachas, etc etc), todas as sementes e bagas existentes no mercado e toda a panóplia de alimentos saudáveis/biológicos, o nome de alguns é tão esquisitóide que até parece que o faz valer mais do que aquilo que vale e ser melhor do que aquilo que é. Assim sendo:

1- Pequeno almoço: papas de aveia (um pacote tem 400gramas e custa menos de 1 Euro. Dá para mais de uma semana, se comermos todos os dias). Podem ser feitas com água, com chá, com leite, com sumo de laranja (sugestão da Catherine Cipriani), e por aí diante. É uma refeição muito reconfortante que enche verdadeiramente. 

2 - Fruta da época, quase sempre em promoção. Neste momento, a boa da laranja está a 0,49 cêntimos/kg. A banana, sempre barata (nunca passa de 1Euro/kg, é bem capaz de ser o fruto mais importante para quem faz desporto (ou até mesmo para quem não faz). É saciante, é rica em potássio, fornece energia imediata e ainda ficamos com a sensação de ter comido um doce. Quanto a mim, polvilhada com canela, a banana é melhor que chocolate, melhor que bolachas, melhor do que tudo o que geralmente gostamos mas que não nos faz bem. Na mesma linha, a maçã, agora no inverno, aquecida no microondas ou assada no forno é outra opção boa e barata. É escusado andar a comprar morangos no inverno, ou frutos que vêm lá dos países tropicais. A fruta é para ser saboreada na sua plenitude, e não quando ainda é só um cheirinho daquilo que vai ser daqui a 5 meses.

3- Carne. Não é que seja a maior fã, mas tenho de a comprar na mesma. Peito de perú, bifanas e bifes de vaca. É só apanhar as promoções certas e comprar 2 kg de cada (dependendo de quantas bocas há para alimentar em casa), dividir em porções em sacos de congelação e colocar no congelador (naturalmente!!). Em relação à carne, optamos sempre pelas mais magras e quando cozinhamos (cozinho), não metemos godura, a não ser no caso das febras - que não fazem parte da minha alimentação - um fio de azeite.

4- Peixe. Atum natural em água. Mais uma vez, as promoções são amigas. O atum costuma estar quase sempre em promoção mas há uma outra semana em que não está, por isso, é melhor trazer umas 10 latas quando está com desconto. É assim que faço. Atum é um tão versátil: vai em saladas (de alface, de grão, de feijão frade,...), vai em massas, vai em omoletes, vai em sandes,... Além do atum, a pescada também é uma excelente escolha. Os medalhões da iglo estão também quase sempre a metade do preço. Depois, na peixaria também aparecem boas oportunidades: as minhas preferências vão para a dourada e para o salmão (só não abuso mais destes peixes e de outros porque aqui em Lisboa não tenho grelhador, guardo a vontade de comer peixe para os fins de semana lá para o reino dos algarves). 

5- Ovos. Eu como não vou muito à bola com carne, e como nem sempre tenho oportunidade de cozinhar peixe, à execpção do atum, tenho de ter sempre ovos em casa. São baratos e nutricionalmente bons. Omoletes, ovos cozidos, ovos escalfados, ovos mexidos, e por aí diante, são uma opção muito económica e muito saudável (desde que não se coma 12 ovos em dois dias, digo eu, se calhar isso é discutível).

6 - Legumes. Cenouras, brócolos, alface, espinafres, courgete, couves, abóbora... Há tanta variedade e é tudo permitido, só tem de escolher aqueles que vai usar mesmo, para não deixar apodrecer. Basta planear que sopas vai fazer durante a semana e que acompanhamentos vai precisar para cada refeição. Depois há as leguminosas (grão, feijão e etc) que é sempre bom ter em casa para fazer aquelas refeições rápidas, saborosas e baratuchas. 

 

Existe uma aplicação, a Sapo Promos, que mostra os folhetos actualizados de todas as promoções de todos os supermercados. Dá muito jeitinho para planear a ida ao supermercado e, em função disso, fazer o planeamento das refeições semanais. Aqui no Terceiro Frente não entramos em loucuras, somos (quase) sempre sensatos nas nossas escolhas. Às vezes, há um delize ou outro (o Bernardo come algumas pizzas, eu como muito pão), mas nada que nos arruine o orçamento e a silhueta. 

 

P.s. Para quem tem animais, gatos ou cães, é sempre melhor comprar a ração que eles gostam em promoção, mesmo quando ainda não é necessário, porque depois acontece como o que está a acontecer com o Flora - está a comer uma ração que não lhe agrada porque a dele não estava em desconto no momento em que precisamos. Coitado, anda tão mal da vida, tão amargurado!

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:18


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Janeiro 2015

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Terceiro Frente é social


Instagram


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.