Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Não foram 200 mas...

por Melissa Lopes, em 04.05.16

Da última vez que "falámos", deixei-vos um desafio no ar, um desafio a mim mesma: atingir a marca dos 200 quilómetros em Abril. Se consegui? Não. Mas não fiquei ridiculamente longe. Passei dos 100 (foram exactamente 113 km). Entre os dias de chuva, que foram muitos em Abril, e os dias em que para mim já faz demasiado calor para correr, acho que até foi um resultado positivo (o Bernardo, por exemplo, correu 0km!!). Mais positivo ainda se adicionarmos à equação o regresso ao ginásio, onde pouco ou nada corro, verdade seja dita, e assim é que deve ser.  Prefiro a elíptica, o step e o remo. Ando entusiasmada com isso, ainda que ponha lá os pés não mais que duas vezes por semana. 

Para Maio, não vou estabelecer objectivos de distância percorrida, até porque não sou pessoa para achar que "agora com o bom tempo é que vai ser". Isso é tão-somente uma grande utopia. O calor dá-me náuseas e dor de cabeça, além de me dificultar a respiração. E é por isso que vou passar mal na meia maratona do Douro Vinhateiro que, por acaso, só por acaso, é já daqui a uma semana e meia. Um dos meus grandes objectivos para este mês é terminar essa prova sem ter de ser transportada pelos bombeiros da Régua. É só isso. Não me apetece nada ir ao norte enxovalhar-me e ainda por cima pagar para isso. 

Outro objectivo é emagrecer. E não me digam "mas emagracer onde? ou "vais desaparecer!" que isso é coisa para irritar qualquer gaja, sobretudo quando é dito de forma hipócrita. Mas esta é uma conversa para outros quinhentos e para outros posts. 

 

water.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:58

Dias off - o bem que fazem e o bem que sabem

por Melissa Lopes, em 07.04.16

Foi precisamente no Dia Mundial da Activididade Física (ontem) e hoje, dia Mundial da Saúde, que eu decidi não mexer uma palha! Não, não sou do contra, foi tão simplesmente pura coincidência. Porque quem faz exercício regularmente não se guia por datas, feriados ou dias especiais. Se não obedeço ao Halloween ou ao dia de S.Valentim, muito dificilmente ia obedecer a estes dois, bem mais dignos de um dia em sua honra do que os supramencionados, mas ainda assim susceptíveis a máximas do género: "o dia dos namorados é todos os dia" ou "o Natal é quando um homem quiser", etc etc (à excepção do Halloween, que para mim não é dia nenhum). 

Voltando ao desporto, qualquer dia do ano é um excelente para treinar, inclusive os dias invernosos de tempestades malinas (ui como eu adoro uma boa chuvada durante a corrida). O mesmo se aplica ao descanso, todos os dias são bons. A ideia aqui não é treinar um dia e descansar cinco ou seis - se tiver de ser, que seja porque é o corpo a pedir e NÃO A PREGUIÇA E/OU A INÉRCIA a ganhar pontos. Saber fazer esta distinção é a chave do jogo, saber quando devemos mesmo descansar ou quando estamos só com preguicite aguda. Seja por que motivo for, não há qualquer punição dos deuses do desporto, podem confiar em mim. Mas não se estiquem, geralmente ninguém em condições normais precisa de duas semanas para recarregar baterias ou, como também há quem seja apologista desta ideologia, um inverno inteiro com  o rabo no carregador - vulgo sofá/poltrona/cama. 

Mas também não é viver numa espécie de ditadura do exercício onde só é permitido descansar um diazinho (e mesmo nesse dia há quem não se permita 'não fazer nada'). Esta ditadura é seguida por muito boa gente preferencialmente de Março a Julho, para chegar a Agosto e comer bolas de berlim dia sim dia sim, num qualquer areal do meu Algarve, e claro, o calor é tanto que se torna impossível fazer exercício.  

Na verdade, os dias off (mas completamente off) são tão valiosos quanto os outros em que suamos até mais não. Aliás, estes dias são preciosos para delinear objectivos, redefenir metas e recuperar energias (com a bateria fraca niguém vai a lado nenhum, é mais ou menos como cair num lago de pastilha elástica, querer andar e não conseguir. Ou melhor, nadar na maionese). Quem não descansa como deve ser, tem fortes chances de entrar em paranóia, resultado do desgaste físico e emocional, e muito provavelmente não chega onde quer chegar. 

Resumindo e concluindo, isto é tudo uma questão de equilíbrio (que coisa tão sábia, ahm? aposto que ninguém sabia disto), treinar regularmente o ano inteiro e não deixar chegar o calorzinho para querer compensar tudo aquilo que não se fez até aqui. E olhem, sabem o que vos digo? Que estas palavras nunca se virem contra mim - eu que treino o ano inteiro!. Pelo bem da minha sanidade mental e física. 

Screen-shot-2013-04-17-at-9.48.03-AM.png

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:37

Já sabem?

por Melissa Lopes, em 19.03.15

Já sabem que podem ganhar descontos através da prática de (qualquer) exercício? Vejam como aqui nesta pequena notícia que acabo de publicar. 

Running-Shoes-590x295.jpg

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:24

Vamos 'meiamaratonar', vamos vamos

por Melissa Lopes, em 15.02.15

Desde que entramos em 2015 que penso num dos objectivos alistados para concretizar neste ano - a Meia Maratona de Lisboa. Ainda por cima, trata-se da 25ª edição, a mesma idade que eu, portanto. Não posso deixar escapar esta oportunidade de me estrear numa meia. É o ano ideal para isso. Contudo, já me ocorreu variadísssimas vezes que provavelmente não vou estar preparada, afinal de contas ainda só participei em três provas de 10km, e lá abandono a ideia de me inscrever (por falar em inscrição, 25 euros é caro para caraças, não acham?). 

Acontece que ontem experimentei um treino longo do Correr Lisboa (15km) e a coisa correu-me bem. Bastante bem, até. Claro que me cansei, mas estive longe de morrer. Fiz os 15km em 1h19, o que não é excelente, mas também não é nada mau. Ora, quem faz 15 km, faz 21km, fiquei eu a pensar. E agora estou com uma enorme vontade de largar 25 euros (not) para participar na meia maratona (yesss), mesmo tendo uma prova de 7km no dia anterior. Vamos meiamaratonar, pessoal?

pontelis.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:40


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Março 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Terceiro Frente é social


Instagram


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.